sábado, 17 de fevereiro de 2018

Últimos filmes NACIONAIS que assisti


   E aí, Mermão? Vim falar para vocês os últimos filmes brasileiros que assisti na netflix. Eu não sou muito fã de filmes brasileiros, mas recentemente tive bastante vontade assisti-los, apoiar nossas produções culturais e artísticas, e me deparei com três filmes com enredos totalmente diferentes, mas bem interessantes. Então resolvi comentar um pouquinho sobre eles com vocês. 

  • Besouro
Esse filme, eu assisti com o meu namorado e foi muito além do que eu pensava. Ele fala sobre um capoeirista chamado Besouro, que foi ensinado desde criança por um mestre incrível e ele deve conduzir o resto dos seus "irmãos". Achei o filme bastante interessante porque ele explorou a realidade e essência africana, pode mostrar um pouco mais da cultura e desenvolver a relação dos negros com as religiões afro-brasileiras. 

  • Uma loucura de mulher 
Quando assisti esse filme, eu buscava algo de comédia que me fizesse rir bastante, mas não foi bem o que encontrei, o filme não é de comédia, e se for, não é engraçado. Ele nos traz a vida de uma mulher que está cansada da vida que leva ao lado do seu esposo político e então foge e vai descobrir uma vida que nunca viveu.

  • Amor.com
Eu gostei bastante desse filme. Ele é bem bestinha, porém muito amorzinho, bom para passar o tempo. Eu gostei do enredo, das atuações e do modo como flui bem. Fala sobre, Katrina, uma vlogueira da moda famosa que vive um romance complicado com um nerd gamer. Vale muito a pena se você tiver tempo sobrando. 

Um beijo e Falow!

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Minha pesquisa científica






E aí, Mermão? Vim compartilhar com vocês uma experiência incrível que tive oportunidade de viver no meu ano de 2017.
Bom, no início do ano, eu fui convidada por um professor de biologia que é mestre em zoologia, para participar de uma pesquisa científica, porque ele viu que eu era esforçada e gostava dessa área da biologia. Eu topei e ao longo do ano viemos desenvolvendo um projeto de biologia marinha com cnidários.
A minha pesquisa científica, consistia em catalogar as espécies de cnidários presentes na praia dos carneiros em Pernambuco. O filo cnidária é o que se encontram águas-vivas, anêmonas do mar, caravelas, etc.



Eu sou extremamente apaixonada por cnidários e amei poder desenvolver essa pesquisa. Estudar, me preparar, fazer um banner, expor no final do ano e apresentar. Eu tive uma orientação de um homem preparadíssimo e tenho muito orgulho de ter sido aluna dele.
Você tiver oportunidade de participar de alguma pesquisa científica, siga em frente, porque é algo engrandecedor. Você aprende muito, amadurece, cresce intelectualmente, vive novas coisas. Independente da área que você for seguir, se curtir, nem que seja um pouquinho, biologia, caia de cabeça, você só tem a ganhar.
Não me arrependo de ter dedicado parte do meu ano inteiro, ter me reunido todas as semanas, muito pelo contrário, tenho muito orgulho de tudo que desenvolvi.




É isso, gente, espero que tenham gostado. Um beijo e Falow!

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Viagem | Ponta de Pedra





   E aí, Mermão? Eu viajei para Ponta de Pedra inúmeras vezes, mas em nenhum momento parei para postar aqui e peço perdão por isso. Mas hoje resolvi falar um pouquinho sobre o lugar, sobre meu divertimento, e onde me hospedei nos dias em que fiquei no local. 
   Bom, é mais um local litorâneo, pra variar, porque quem me acompanha aqui no blog ou em qualquer outra rede social, sabe que eu simplesmente amo.




   Ponta de Pedra fica em Pernambuco, não é uma cidade muito grande, porém é bastante visitada por turistas e conhecida por quem mora no estado. Eu amo Ponta de Pedra, é um local que tem uma praia muito boa, com águas limpas e bom de se tomar banho. Em algumas partes têm bastante sargaço, mas nada que impeça um banho legal. 
   Sempre que vou para Ponta de Pedra, fico em uma casa alugada que tem piscina e é bem confortável e espaçosa, com dois quartos amplos, três banheiros, um terraço enorme. É uma casa em que posso aproveitar bastante. 
   Se tiverem oportunidade, visitem Ponta de Pedra, porque é um lugarzinho sensacional, com pessoas bem hospitaleiras e que tem uma praia sensacional. 




Um beijo e Falow!

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Expectativa para a Faculdade



   E aí, Mermão? Eu terminei o meu colegial em 2017 e no final de outubro eu já estava matriculada em uma faculdade particular que eu passei. Estou matriculada em Pedagogia, que é realmente dentro do que quero para mim e minhas aulas se iniciam hoje.
   Bom... devo confessar que apesar de ter todos os planos do que quero para o meu futuro e querer fazer minhas faculdades, especializações, pós e mestrado. Eu não estou nem um pouco preparada para a vida universitária. Não estou preparada porque eu amo o colégio. Sempre amei estar em escola, nunca quis crescer, nunca quis terminar o meu ensino médio. 
   Porém, quero muito começar a estudar na faculdade, vivenciar os conteúdos que aparentemente são mais legais que química, estar com pessoas que se identificam comigo. Eu quero muito poder encarar essa nova realidade e crescer como aluna e pesquisadora dentro da instituição, mas preparada, eu realmente não estou.
   Se eu pudesse, tudo isso não seria agora, eu estaria me deparando com o terceiro ano ainda, mas já que essa fase passou, devo abrir meus olhos e minha mente para o novo, que tanto me aguarda. 
   Espero que tenham gostado do post. Quais as suas expectativas para a faculdade? E se já está na Universidade, como é essa vida? Um Beijo e Falow!

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Não torne isso sua prioridade

   

   E aí, Mermão? Um dia desses eu estava conversando com uma amiga que quer abrir um negócio e comentou que estava pensando em um espaço de beleza, então, eu falei que com a atual crise, as mulheres não iriam gastar dinheiro com estética. Ela  disse que eu estava muito enganada e que as pessoas gastam sim, porque é a única coisa que as tornam felizes e que as fazem se sentir bem.
   E essa conversa, me fez chegar a duas conclusões: 1) Como as mulheres são superficiais a ponto de gastar com aparência mesmo não tendo dinheiro para isso e 2) Como elas são infelizes a ponto de precisarem da beleza para poder se sentir bem ou realizadas.  
   Não acho errado uma pessoa se cuidar, - até porque me maquio sempre, pinto as unhas - não acho errado ir no salão de vez em quando, fazer as unhas semanalmente ou usar cremes para a pele, mas o que não podemos fazer é: Tornar isso a nossa prioridade.
   É bom estar bonita, mas isso não é o mais importante. Quando vivemos em função da beleza acabamos nos frustrando e nos machucando mais, porque nunca seremos perfeitas como a mídia MENTIROSA impõe que devemos ser. Além de perder tempo investindo em algo que é totalmente passageiro. 
   Somos mulheres, somos mais do que isso. Mais que rostinhos bonitos, mais que corpo escultural ou unha e cabelos bem tratados. Somos lindas, não por causa dos cosméticos que usamos, e sim, porque somos mães, trabalhamos, lutamos, vivemos em um mundo cheio de preconceitos e mesmo assim, batalhamos todos os sem baixar a cabeça. Somos lindas porque somos fortes  e  não porque passamos a vida priorizando a beleza externa. 

Um beijo e Falow!

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Últimos filmes que vi na Netflix

   
 Quando você está namorando, automaticamente assina um termo que a obriga a ver filmes de ação e aventura com seu namorado kkkkk. Por mais que eu não goste de ver filmes desse gênero, desde que comecei a namorar assisti a 3 da Netflix e pelo incrível que pareça, eu gostei dos três, por isso vim aqui comentar um pouco com vocês. 

O MATADOR


O primeiro filme que assisti foi o matador. Gostei bastante da história contada e o peso cultural trazido nas entrelinhas. O filme se passa no nordeste do Brasil e conta a história de um matador, conta a relação de poder dos coronéis, a prostituição, miséria, violência e também a figura de lampião, cangaço e autoridades militares.

DEATH NOTE


O segundo filme foi esse e também gostei muito. Fala sobre um garoto que está no colegial e "ganha" um caderno na morte. Nesse caderno ele pode escrever o nome de uma pessoa, tendo o rosto dela em mente e especificar um tipo de morte, e quando ele o faz, a pessoa morre. No início ele só quer ajudar, matando bandidos e criminoso, mas a coisa foge de controle.

ONDE ESTÁ SEGUNDA?


O último filme que assisti fala sobre 7 irmãs gêmeas idênticas que vivem numa sociedade onde só pode existir um filho por pais. Cada uma tem o nome de um dia da semana, para que finjam ser uma única mulher, saindo de casa só no dia de seu nome.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

NÃO TENHA MEDO DE TERMINAR UM NAMORO | Relacionamento



E aí, Mermão? O assunto hoje é um pouquinho sério. Pode parecer besteira, mas não é. Cara, sinceramente, qual a lógica de estar namorando se não quer casar, se não quer ter uma vida inteira ao lado da pessoa? Eu realmente não entendo isso. Então, resolvi fazer esse post.
Resolvi escrever para dizer que você não vai morrer sozinho! Se você está em um relacionamento onde vocês brigam demais, se não há planos para o futuro, saí daí logo.
Quando você está em um relacionamento que não anda para frente, que não há metas ou lutas para cumpri-las, isso quer dizer que é perda de tempo. Você está perdendo tempo com a pessoa que verdadeiramente não te valoriza, está perdendo tempo que você poderia estar investindo em algo mais proveitoso ou até mesmo em outro relacionamento que teria realmente fundamento para dar certo.
Não perca tempo sofrendo, não perca tempo discutindo, ou até se divertindo e sendo feliz, mas que você sabe que pode acabar a qualquer momento. Olhe para o seu futuro, não tenha medo de terminar um namoro. As vezes é necessário colocar um ponto final em uma frase, para começar um novo e melhor parágrafo.
Sua vida não acaba se o seu namoro acabar, não tenha medo de ficar solteiro. Se descubra, descubra o que você quer, quem você quer e faça um favor a si mesmo, não case com a pessoa errada.


É isso, espero que tenham entendido, não aceitem as migalhas sem futuro que lhes oferecem. Um beijo e Falow! 

domingo, 21 de janeiro de 2018

Série X Filme #3 | She´s Gotta Have it



  E aí, Mermão? Hoje vamos falar sobre She´s Gotta Have It. Eu amei muito o seriado e pensei que também amaria o filme, mesmo sendo em preto e branco. Uma das coisas que mais me impressionou foi o impacto que deve ter causado na época que o filme foi lançado. Esse post não conterá spoiler. 
   Bom, a estória em si é a mesma, mas pelo fato da série ser maior, deu pra explorar bem mais de cada personagem, eu pude embarcar em quem era  a Nola e seus companheiros. E no filme ficou algo muito superficial, sem fazer tanta diferença. 


   Percebi que a série conseguiu deixar o Greer menos babaca e mudou bastante a personalidade do Jamie, mas ainda assim, ficou melhor que o filme. Já o Mars é meu bebê eterno em ambos, eu me admiro com o quanto ele ama a Nola e tenta ser útil pra ela.
   O que me deixou muito chateada, foi que no filme ela escolheu um dos três, isso foi muito ridículo. Mesmo que no final, não tenha realmente ficado com nenhum dos. 
   Espero que tenham gostado do post e se quiserem ver a resenha do seriado é só clicar AQUI! Um beijo e Falow!

Qual eu preferi?
(X) Série     (  ) Filme    (   ) Ambos

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

O QUE REALMENTE É VERDADE SOBRE O ENEM


   E aí, Mermão? Eu estou aqui para falar sobre algo bem comentado e vivido por milhões de brasileiros, o ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio. Mas a questão aqui não é a prova ou sei lá o que, vou falar minha opinião sobre o que realmente a prova analisa.
   É muito comum as pessoas dizerem: "O Enem não define quem você é", "Uma nota não mede sua inteligência". E realmente, isso é verdade. Mas existe mais uma verdade por trás que ninguém comenta e, tentam esconder: O Enem não mede sua inteligência, e sim, O SEU ESFORÇO! 
   Eu não vou me exaltar, a nota saiu hoje eu acho que não vou passar no curso que almejo, do mesmo jeito que milhões também não estão satisfeitos com seus resultados. Mas é importante comentar sobre a importância do ENEM nas nossas vidas. Ele nos direciona a um foco, nos dá um desafio, nos faz planejar e lutar por um determinado futuro, ele faz com que a gente se esforce. 
   Tem uma frase de uma música que eu gosto muito e ela diz assim: "Nunca reclamar, só agradecer, tudo o que vier, eu fiz por merecer". Essa frase é incrível e me tranquilizou muito todas as vezes que fiquei apreensiva por conta do resultado. Porque eu coloquei em minha cabeça, se eu passar, é porque todos os meus esforços valeram a pena, as madrugadas se enchendo de café pra estudar; os dias inteiros no colégio, às vezes assistindo aula sozinha; os aulões que assisti nos domingos, cansada e sem grana; as aulas no sábado; os estudos e pesquisas, tudo isso valeu a pena. E se eu não passar, bom, tenho que me dedicar mais, tudo isso não foi suficiente, a concorrência cresceu e meu esforço não foi necessário. 
   Quando eu paro pra pensar assim, eu tiro a culpa dos meus fracassos das outras pessoas, eu me livro das ansiedades e coloco em mente que tudo foi por mérito meu. Então é muito importante a gente enxergar o ENEM como o nosso aliado, como alguém que não vai medir nossa inteligência, mas que vai fazer com que a gente se esforce.
   Se eu quero ingressar na Universidade, eu tenho que estudar; se sei que meu curso é muito concorrido, eu tenho que estudar muito mais do que os outros de outros cursos; Se eu vejo que as pessoas que querem o mesmo curso que eu estão se dedicando, eu preciso me dedicar ainda mais pra elas não pegarem minha vaga. Tudo isso é o nosso esforço. 
   Espero que tenham entendido a minha percepção. Comemorem muito a aprovação e se não passarem, tentem encarar a reprovação como um: "Preciso me esforçar um pouco mais", porque é isso que vou tentar fazer quando o resultado finalmente sair. 
Um beijo e Falow! 

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Melhores Músicas de 2017


   E aí, Mermão? Hoje, bem atrasada, resolvi falar quais músicas mais escutei ao longo de 2017, as que mais me identifiquei. Acho importante alertar, que não são realmente as melhores, mas são as que eu, Keyla, mais curti. 
   Quero acrescentar que não terão uma ordem de melhor para pior. E também, não sei quais foram realmente lançadas em 2017. Tenho certeza que tem música aqui que foram lançadas antes, mas só passei a conhecê-las em 2017.
   Tem sertanejo, MPB, Pop e música gospel nessa minha "Playlist". Espero que vocês gostem das músicas que foram escolhidas. Tem desde música autoral e música antiga regravada por cantores contemporâneos. 

  • Pra onde eu irei? - Morada 

  • Me leva pra Casa - Israel Subirá
  • Isaías 9 - Rodolfo Abrantes

  • Dia especial - Tiago Iorc

  • Amianto - Supercombo

  • Se o amor tiver lugar - Jorge e Mateus

  • De quem é a culpa?


  • Rockabye - Clean Bandit

Espero que tenham gostado das músicas selecionadas. Um beijo e Falow!



sábado, 13 de janeiro de 2018

Série X Filme #2 | Desventuras em Série



  E aí, Mermão? Nesse sábado o filme e seriado da vez são: Desventuras em Série. Que eu realmente sou apaixonada, apesar de não ter a vergonha na cara de abrir o meu livro. Nesse post, infelizmente, haverá spoiler, porque eu preciso contar sobre uma coisa que aconteceu no seriado e me deixou chocada! KKKKKKKKK e se você ainda não assistiu o seriado, faça um favor a si mesmo e ASSISTA!
   Bom, eu adoro o filme, mas a série não fica pra trás. A atuação dos personagens é muito boa no seriado também. Como falei no post sobre o seriado, amei o fato do narrador se tornar visível para nós. Gostei muito das escolhas de elenco e mudanças no visual e maquiagem. 


   Amei o jeito como na serie poderão mostrar mais coisas, criar um enredo legal e criar novos personagens. E fiquei muito surpresa com os pais que aparecem, diferente do filme e provavelmente do livro, eu pensei que haveria realmente um final feliz no seriado, mas descobrir que os pais eram de outras crianças foi um tapa na minha cara e pela primeira vez me senti bem mal por estar assistindo uma série de sofrimento de crianças kkkkkkk 
P.S.: A tia Josephine continua sendo minha personagem preferida.

Espero que tenham gostado do post, se quiser ver o outro que fiz  sobre a série é só clicar AQUI! Um beijo e Falow!


Qual eu preferi?

(  ) Série     (  ) Filme    (X) Ambos

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

COMO CAFÉ



Foi quente
Gostoso
Aquecedor
Mas foi expresso
Efêmero
Passou rápido
Esfriou
Como café
Foi o nosso amor. 

                                                                                                                                   Keyla Macena

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Seja você Primeiro | Relacionamento



E aí, Mermão? Vim falar sobre relacionamentos hoje. Já parou para pensar que a gente quer ter um namorado bonito, inteligente, trabalhador, carinhoso, paciente e com todas as demais qualidades que você conseguir imaginar.
Não é impossível a gente sonhar com alguém ou encontrar alguém ideal para o que a gente procura, porém, nunca acharemos ninguém perfeito. O que não impede a pessoa de querer dar o seu melhor para a vida e para o relacionamento.
O único erro de querer alguém com certas qualidades é se a gente não tiver essa qualidade. Como vamos exigir algo de uma pessoa se nós mesmos não somos assim? Você quer uma pessoa que seja estudiosa, mas já olhou para o seu boletim? Suas notas refletem esforço ou comodismo? Quer uma pessoa atenciosa, mas quando o seu namorado vai conversar, você não o trata bem?
Meu conselho para hoje é não exigir do outro aquilo que nem você pode oferecer. É necessário que a mudança comece na gente, dê o seu melhor em tudo que fizer para receber o melhor da outra pessoa. Antes de pensar na pessoa certa, seja a pessoa certa. Quando você se esforçar para fazer o outro bem, ele terá o prazer de lhe retribuir tudo em dobro. 

Um beijo e Falow!

domingo, 7 de janeiro de 2018

Looks de Fim de Ano | 2017




   E aí, Mermão? Hoje, bem atrasada, por sinal. Eu vim mostrar pra vocês quais os looks que usei nas festas de fim de Ano, natal e ano novo. Bom, São roupas razoavelmente simples, com um valor não tão caro, porém, bonitas e confortáveis. 
   O look do Natal foi uma calça jeans "rasgada", com um corte pequeno na lateral internal. Eu quando vi a calça, logo me apaixonei, não pude deixar de comprar. Provei, vi que no meu corpo ficou legal e a usei no natal. 
   Como um buscava algo que ficasse elegante, mas que ao mesmo tempo pudesse ser usado em vários horários e em ocasiões sociais ou não, eu comprei uma blusa num tom de rosa claro, puxado para o beje. Eu me encantei também, por conta do detalhe na parte do busto, que é são as cordinhas para dar um laço e pela manga. 
   Para complementar, usei um saltinho florido, que não me deixou tão alta, mas pode dar um pouquinho mais de elegância ao look. 


   Já no ano novo, quis estar um pouco mais confortável e usar algo que me deixasse mais "feminina" então comprei um vestidinho simples e de alça, que eu simplesmente amo. Acho que vestido deixa a mulher bem mais bonita, além de ser algo confortável, que não aperte tanto.


   Os acessórios não passaram de simples pulseiras, relógios, anéis e um colar. Algo que não ficasse exagerado, não chamasse tanta atenção, mas desse uma complementada no look. 





    Quem me acompanha no instagram, pode ver exatamente nos dias os looks que usei. Então se você não me segue, corre lá pra acompanhar os stories e looks, @keylamacena, Um beijo e Falow! 

sábado, 6 de janeiro de 2018

Série X Filme #1 | ShadowHunter / Cidade dos Ossos




   E aí, Mermão? Essa é uma série de post resolvi fazer todos os sábados durante o mês de janeiro comparando alguma série com seu filme. E pra iniciar escolhi o seriado Shadow Hunters e o filme Cidade dos ossos, ambos são adaptações da série The Mortal Instruments da Cassandra Clare. Esse primeiro post não conterá Spoiler. 
   Bom, eu particularmente gostei mais do filme, porque achei o seriado muito mudado, não curti o elenco (exceto o Alec e Magnus) e achei o roteiro muito fraco mesmo - estou falando apenas da primeira temporada, não conclui a segunda ainda. Pra mim, o ponto fraco do filme foi o tempo, o livro é grande e não pode ser explorado em uma hora e pouca. 

 

   Na série, o instituto ta bem tecnológico, o que eu não queria que fosse, porque não é algo muito presente no livro, mas isso não atrapalha tanto no desenrolar da estória, deixa até mais atrativo para outros públicos. Mas o que realmente me incomodou foi os spoilers dados no seriado. Cara, são muitos, um atrás do outro. Coisas que só acontecem no segundo livro, personagens que só aparecem no terceiro livro, descobertas que só acontecem no quarto livro. Achei isso muito ruim, porque quem for ler o livro, não terá o prazer de realmente viver as cenas escritas ali. 
   Mas é isso, quem quiser ler um pouco mais sobre essa série, filme e livros é só clicar AQUI!  Um beijo e Falow!

Qual eu preferi?
(  ) Série     (X) Filme    (   ) Ambos

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Em 2018... Valorize sua família



   E aí, Mermão? Eu brinco muito com uma frase do Willy Wonka (A fantástica fábrica de chocolate) que fala algo como: "Não se pode ter família e sucesso". Mas a realidade é que eu não acredito nessa frase. Muito pelo contrário, eu creio que a família é o suporte e base para que alcancemos algo.  Quando a gente estiver caindo, prestes a desistir, nossos pais e familiares e que vão nos dar um "empurrãozinho". 
   Em 2018, eu quero propor algo para vocês e para mim também. Valorizar mais nossa família, estar mais perto deles e de pessoas que realmente se importam com a gente. Porque nos momentos de dificuldades e angústia, eles  são quem verdadeiramente estarão ao nosso lado. 
   Como meus pais são divorciados e moro com minha mãe, com o tempo, muita coisa para fazer, eu acabei me afastando um pouco da minha família paterna e uma das metas para esse mês de férias e até mesmo para o ano inteiro é me aproximar mais deles, vivenciar novos momentos e relembrar todos os momentos de felicidades e lutas que passamos ao longo da vida. 
   Vamos valorizar nossas famílias, que com certeza tudo vai ficar mais fácil para nós e para eles. A começar pelo simples gesto de gratidão a Deus por ter nos dado uma família, seja ela complicada como for. E gratidão a quem nos criou e que com toda certeza só quer nos ver bem. 

Um beijo e Falow!

domingo, 31 de dezembro de 2017

BEM VINDO 2018



Bom, último dia do ano e todos os 365 dias passam lentamente na nossa memória, como se fossem os últimos minutos antes de uma morte, mas a verdade é que é só o começo de uma nova trajetória.  

Foram rios de lágrimas, sorrisos de conquistas, abraços de união. Novas pessoas chegaram, várias saíram. Novas experiências, novos aprendizados e descobertas. 

Sabe a única coisa que tenho a dizer? Que sou grata! Grata pela minha família, grata pelas inúmeras conquistas intelectuais ao longo do ano, grata pelos novos amigos, grata pelo favor e amor de Deus sobre minha vida. E imensamente grata pela galera que acessou o blog ao longo do ano. Vê as estatísticas crescendo é algo inexplicável. 

Gratidão pelo 2017 incrível que passou e pelo 2018 que já me abraça. Feliz ano novo, Mermão. 

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

SHE´S GOTTA HAVE IT




    E aí, Mermão? Hoje eu vim falar de uma série maravilhosa. She´s Gotta Have it traz pontos muito importantes a ser debatido, como a sexualidade, homossexualidade, machismo, racismo, ditadura da beleza, etc. 
   A série fala sobre Nola, uma garota do brooklyn, que é artista e filha de músico. Saiu nova da casa dos pais e constrói sua vida e sua independência financeira e sexual. Nola tem três "amigos", com quem ela mantém relações sexuais e encontra em cada um deles características que acrescentam algo em sua vida. São eles Mars, que é engraçado e brincalhão; Greer, que é modelo e fotógrafo com uma autoestima invejável e o Jamie, que é executivo, sócio de uma grande empresa. O meu preferido é sem dúvidas o Mars e o que eu detestei de todos os jeitos foi o Greer. 


Esse é o Mars

  O modo como o seriado é contado é incrível, porque além mostrar os personagens e explorar bem a vida deles, há uma relação de cada um com a câmera, onde eles contam sobre sua vida ou sobre o ponto de vista em relação a personagem principal. 

   Eu gostei bastante da série e recomendo que seja assistida, porque além de ser entretenimento, aborda assuntos interessantes e como debater ou mudar esses assuntos. Claro que nem tudo deve ser levado em consideração ou aderido a sua vida, mas conhecer lados e pontos de vista sobre vários temas é realmente importante. 
   P.S.: Achei o elenco maravilhoso, as atuações incríveis e me apaixonei pela "garra" da Nola e pela sua beleza. Que atriz linda e maravilhosa, gente! 



Um beijo e Falow!

domingo, 24 de dezembro de 2017

EU ODEIO O NATAL!

  

  E aí, Mermão? Hoje é véspera de natal e resolvi fazer esse post. O título não é pra ganhar visualizações ou assustar vocês, ele é apenas minha sinceridade. Eu odeio natal, e não há problema nenhum nisso. 
 Bom, eu sei que é uma data comemorada no mundo quase todo, principalmente pelos cristãos. Sei que existem pessoas que amam o natal, que aguardam ansiosamente esse momento, etc.
   Sinceramente, gosto de reunir a família e passei a detestar o natal a pouco mais de 1 ano ou 2. Eu não gosto do natal porque houve uma distorção muito grande do que realmente é o natal. Não importa quantos filmes natalinos existam, a maioria deles vai girar em torno de uma figura: o papai noel. Não acho que tenha problema em falar de papai noel pra crianças, ou trocar lembrancinhas. Mas aguardamos o natal pra comer e ganhar presentes e o natal não é isso, ou pelo menos, não era pra ser!
   A data comemorativa foi com o intuito de celebrar o nascimento de Jesus, que no caso seria o salvador do mundo (mesmo que ele não tenha nascido em 25 de dezembro e estudos provam isso), mas esse é o real motivo. É ser reunir pra lembrar de agradecer pela nossa família, por ter uma divindade que olha por nós todos os dias... então, por favor, alguém me explica o porquê de enfeitarmos a casa inteira, fazer comidas com passas e dar presente pra todo mundo. 
   Bom, eu não entendo, eu não concordo e sinceramente, eu não gosto. Feliz natal pra quem aprecia as festas natalinas, um beijo e Falow!

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Minhas Box Braids



   E aí, Mermão? Vim falar um pouquinho pra vocês sobre minhas box braids. O que são, valor, porque coloquei, qual material usado, sensação. etc. 
   Bom, as box braids são tranças feitas em todo o cabelo, em suma maioria, com Lã, onde a pessoa opta por fazer colorida ou com cor natural. Eu não fiz as minhas com lã e sim com linha de crochê, por ser mais leve e esquentar menos. O período dura em média um dia inteiro e no meu caso comecei numa tarde e terminei no outro dia pela manhã, não direto, obviamente. Quem fez as minhas tranças foi uma amiga, que cobra em média 200 reais a aplicação e o material.


   Eu resolvi colocar as tranças para que o meu cabelo crescesse um pouco mais em relação ao tamanho que está, pois pretendo fazer transição e assumir o meu cacheado ou crespo (não lembro como meu cabelo é, aliso desde muito nova). Então colocar as tranças seria algo que me ajudaria nesse processo e em relação a minha autoestima, além de simbolizar resistência e tudo o mais. 
   Eu gostei bastante do resultado, me senti mais bonita e empoderada. Além de ter sido na cor verde, que deu um realce maior aos meus olhos já que são claros. Eu acho que é algo bastante importante e legal de se fazer pra quem quer passar por transição capilar, porque você pode escolher a cor que quiser e colocar no comprimento que quiser, tendo liberdade para mexer no seu cabelo.


   Espero que tenham gostado do post, se tiverem alguma dúvida entrem em contato comigo. Um beijo e Falow!

domingo, 17 de dezembro de 2017

FILME | LIGA DA JUSTIÇA



   E aí, Mermão? Já que estou atrasada como sempre, não vou contar nada sobre o filme, afinal, fui a última pessoa da face da terra a vê-lo, então vou apenas dar minha opinião a respeito.
   Primeiramente, já quero dizer que adorei. A DC fez um ótimo trabalho mais uma vez. Está fácil de compreender o enredo e "entrar" realmente na estória. 
   A junção dos super-heróis para salvar o mundo e destruir o lobo do estepe, torna o filme fascinante, com ação, aventura e uma atuação incrível de cada ator. Não apenas por eu ser mulher, mas devemos reconhecer que a Mulher Maravilha foi a que mais se destacou, mostrando suas habilidades, força e estratégias.



  Eu não podia deixar de comentar sobre a inteligência, programação e conhecimento científico que o personagem Cyborg carrega consigo. Fiquei encantada. E o flash me lembrou muito o homem-aranha no novo filme da Marvel, por ele ser engraçado, novo e bem abestalhado em diversas situações.
   Eu não vou entrar em detalhe sobre cada herói presente no filme, não desmerecendo-os, mas porque acho que todos agiram conforme a gente realmente estava esperando. 




   Espero que tenham gostado do post. Um beijo e Falow! 

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

FILME | Extraordinário



   E aí, Mermão? Cara, eu preciso falar com vocês sobre esse filme. Quando alguém me pede indicação de livros, normalmente Extraordinário está na lista, porque é um dos livros que acho que TODO MUNDO deveria ler, tanto pela história, quanto pela lição que ele traz. 
   Essa semana eu tive o prazer de assistir a adaptação do filme para as telas e cara, não podia ter sido diferente: Eu amei! E vim comentar um pouquinho pra vocês sobre o que achei. Quem quiser ler a resenha do livro é só clicar AQUI!


   Não vou entrar no detalhe da história, porque a resenha do livro já nos conta tudo isso. Mas, resumindo, Auggie é um menino que nasceu com uma deformação facial e agora enfrenta seu primeiro ano letivo numa escola de fato. Lá, além que conhecer um mundo totalmente diferente do que ele conhecia tendo aulas apenas com sua mãe, conhece novas crianças, as gentis e as más. Conhece um novo professor, faz amigos, vive uma nova e emocionante realidade. 
   Eu amei muito esse filme, chorei desde a primeira cena quando ele está pulando na cama, até a última. É uma história muito linda e que precisa ser compartilhada, afinal, todos nós deveríamos ser aplaudidos de pé pelo menos uma vez na vida.


Um beijo e Fallow!

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

O seu gosto, não é o meu pecado.



   E aí, Mermão? Eu não vim aqui condenar a religião, nem o conservadorismo, só vim dar a minha opinião sobre algumas coisas que eu observo dentro e fora das instituições religiosas. Ultimamente, os jovens - principalmente cristãos- estão sendo tomados por uma dúvida muito grande: "Isso é pecado? Aquilo é pecado?". Essas indagações me perturbam um pouco, porque existem concepções e interpretações diferentes da bíblia. 
   É preciso parar para pensar se algo está errado de acordo com seus princípios, e princípios bíblicos se você tiver alguma religião, no entanto, ouvir as opiniões alheias sobre o que é pecado, é uma ação um pouco idiota. Deixa eu explicar o porquê. 
   As pessoas têm o terrível hábito de denominar pecado aquilo que elas não gostam. É muito fácil eu dizer: "Tatuagem é pecado", "Cortar o cabelo é pequeno", sendo que não gosto de pessoas tatuadas e nem de mulheres de cabelo curto. A bíblia não diz que essas coisas são pecados, mas algumas instituições religiosas sim. 
   Vale a pena pensar e avaliar com a nossa própria cabeça o que devemos ou não fazer, e não com o que líderes religiosos falam. O que as pessoas não gostam em você ou nas suas ações não fazem delas pecado! Reflitam sobre isso.
   Espero que tenham entendido a minha opinião e busquem entender as suas ações e motivo de praticá-las. Um beijo e Falow! 

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Você me faz bem


Eu não queria me apaixonar... mas me apaixonei por você. E sabe esse sorriso de orelha a orelha que levo comigo? É consequência disso. Essa esperança, essa alegria, esse desejo que sinto, é você que causa. 

Eu não consigo imaginar como seria a minha vida se eu não tivesse te conhecido, pois em você encontrei um abrigo confortável, do qual não quero abrir mão nunca.

É você que colore os meus dias, que me faz ver o lado bom de estar viva. É saber que eu acordarei de manhã e terei uma mensagem sua, que nos veremos nos fins de semana e aproveitaremos cada tarde como se fosse a última de nossas vidas.

Seu abraço e seus beijos são o meu aconchego, o meu refúgio quando tudo o que eu mais quero é sumir. Sua voz me tranquiliza, seu sorriso me traz paz. Eu não quero nunca passar pela infelicidade de saber que te deixei escapar, então, estarei aqui tentando lhe fazer todo o bem que você faz a mim. 





segunda-feira, 27 de novembro de 2017

RESENHA | Todos Contra Todos (Leandro Karnal)


Título Original: Todos Contra Todos
Autor: Leandro Karnal
Editora: Leya
Avaliação: ★
Páginas: 256

"Eu Leandro, nasci salvo!"




   Apesar de gostar muito de Leandro Karnal, minha opinião diverge com algumas opiniões dele, o que não me impediu de apreciar o livro e adquirir novos conhecimentos.
   O livro traz um diálogo sobre diversos temas sociais que refletem uma sociedade carregada de ódio, dentre eles: Homofobia, racismo, machismo, etc.
   Com dados relevantes, opiniões e bons argumentos, Leandro nos faz refletir sobre questões como: sermos todos racistas, a propagação do ódio com a globalização, etc. Num texto leve e explicações claras, não nos impõe a sua opinião, mas nos faz pensar sobre como somos odiosos e carregados de preconceito numa sociedade cheia de misturas. 



Minha Opinião: Um livro incrível que merece ser lido por pessoas de todas as idades e que tem o desejo da mudança na sociedade. Leandro reconhece os seus benefícios como homem branco, reconhece seus erros e preconceito, mas expressa a sua consciência e ações em função de uma mudança social e pessoal que tanto almeja. 
 renata massa